O Blog da Storm

O Blog da Storm

Você pode navegar pela prateleira utilizando as teclas e

O olhar estratégico

12/04/2011 , , , ,

 

 

É cada vez mais comum ouvir que ser profissional de Marketing hoje em dia não é das tarefas mais fáceis. Pelo contrário. Foi-se o tempo quando havia o glamour de que era uma atividade em que a vida era boa. O mundo está muito mais complexo. A economia, os mercados, o mundo, as pessoas mudaram e continuam mudando de tal forma que o que você fez hoje de manhã ao acordar talvez já não tenha mais serventia quando for dormir. 
Com isso, estamos vivendo em um cenário com poucas referências. Conforme o professor Vicente Falconi afirmou, nesta semana, durante o Fórum HSM de Gestão, as pessoas não analisam mais nada do que fazem, não avaliam e reavaliam suas atividades e metas e, para piorar, ficam apagando incêndios do dia a dia e deixam de pensar no futuro da empresa.

O primeiro problema é clássico. É como aquela frase que não se sabe qual dos 50% da verba de publicidade está sendo jogada no lixo. Há uma cultura entre muitos profissionais de Marketing de não analisar nada. E, por isso, o departamento perde cada vez mais credibilidade, quando deveria ganhar ainda mais importância. Além de planejar bem, é preciso entender o que deu certo e errado e o porquê.

A cultura vigente há décadas é a de repetição e de surfar nas ondas do momento. Investindo em projetos e em formatos de comunicação tradicionais cujo resultado é sempre o mesmo. Não se inova. E aqui, mais uma vez, um dos maiores especialistas em gestão do Brasil nos ensina. “Quem nunca errou é porque não está tentando fazer nada de diferente”, disse Falconi. Mas para inovar é preciso que a empresa esteja funcionando como um relógio.

O operacional tem que funcionar como a nossa circulação sanguínea. Ou seja, não pode haver problemas em produtos e falhas em serviços como somos brindados todos os dias pelas companhias. “A rotina das empresas não está bem estabelecida”, analisou Falconi durante o Fórum HSM. “É muito difícil ter melhorias expressivas se você não tiver uma operação excepcional. Se não mudar a operação, o resultado não muda”, aponta.

O que você acha?

Mantenha seus comentários educados e focados no tópico.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: